5 espaços para jogar padel em Lisboa (sendo que 1 é batota porque é em Camarate)

5 espaços para jogar padel em Lisboa (sendo que 1 é batota porque é em Camarate)

Reveal Writers

O que é isto do Padel?

O padel entrou em Portugal – em Espanha, por exemplo, há muitos anos que é desporto habitual – com aquela força das modas, muitas até passageiras. Mas, anos volvidos, e com uma dinâmica muito interessante ao juntar profissionais, curiosos, desportistas de outras andanças, gente que só gosta muito de jogar raquetes de praia e ainda gente que nunca acertou numa bola, anos volvidos, dizia, continua a ter jogadores, espaços novos de jogo e muita, muita procura. Em Lisboa, em particular, esses espaços multiplicam-se e eu, que não sou muito de listas, tive, inevitavelmente, de fazer a minha, visto a escolha implicar essa segmentação. Assim, aqui vão os meus cinco campos de padel favoritos, com as limitações que todas as listas têm sempre, que é a de não poderem agradar a gregos e troianos, com base num critério que, para mim, será sempre o melhor – o do apetite:

1. Quando me apetece pagar menos: CIF

Não é o mais barato de Lisboa, mas é sem dúvida aquele que mais encerra em si mesmo a definição de preço-qualidade. O Club International de Foot-Ball, em Belém-Restelo, tem essencialmente condições para o ténis que ali é praticado a sério, mas, mais recentemente, desenvolveu as instalações dedicadas ao padel que, não sendo as melhores que encontramos, são em conta e, associadas às belíssimas condições do clube (envolvente, balneários, facilidade em estacionar, utilizadores, etc.) fazem deste um espaço privilegiado para a prática. Para gente que quer conciliar ténis e padel vale a pena a inscrição como sócio do clube se as utilizações forem regulares.

Condições (1h30): 7,5 € não-sócios
Campos cobertos?: Sim
Website para horários, contactos e como chegar: http://www.cif.org.pt/alugueres/padel

2. Quando me apetece ter melhores condições: Clube VII

O Clube VII, cuja localização pode não ser atractiva para todos, visto ser o mais central campo da lista (no sentido em que o Parque Eduardo VII fica, literalmente, no cento da cidade) é, ainda assim, da porta de entrada para dentro, sem dúvida o espaço cujas condições para a prática são as melhores que encontrei. Desde os balneários de qualidade superior, ao sistema de segurança da entrada que permite apenas o acesso aos utilizadores do espaço, passando pelo bar cuja oferta vai desde a nutrição saudável à comum e sempre apetitosa imperial pós-jogo, este espaço de vários campos fará com que se sinta rodeado por praticantes entusiastas enquanto disfruta das condições supracitadas e dá por bem empregue o que gastou.

Condições (1h30): 9 € não-sócios
Campos cobertos?: Sim
Website para horários, contactos e como chegar: https://clubevii.com/?activity=padellisboa

3. Quando me apetece apreciar o espaço que me rodeia: Clube de Padel Alcântara

Junto ao rio Tejo, mesmo por baixo da Ponte 25 de Abril, encontrará uma pala que, em miniatura, faz lembrar a estrutura da Gare do Oriente (um must see da arquitectura contemporânea, em Portugal). A pala abriga um espaço para a prática do padel único em Lisboa visto que o que nos rodeia é, realmente, único. Uma vista privilegiada para o rio, com o seguimento da ponte e o Cristo-Rei como pano de fundo (ou à vista, dependendo do lado do campo que estiver a ocupar), agradável de dia e de noite. Ainda que na relação preço-qualidade não fiquemos a ganhar (os balneários, por exemplo, improvisados e a necessidade constante de irmos buscar bolas extraviadas em corrida evitando o mergulho no Tejo são alguns dos handicaps) o espaço transporta-nos para um dos motivos pelos quais jogamos: o disfrutar de um local na cidade, enquanto fazemos desporto, ao qual podemos juntar, a posteriori, um passeio pelas docas ou o peixe fresco dos inúmeros restaurantes disponíveis ali ao lado.

Condições (1h30): 9 €
Campos cobertos?: Sim
Website para horários, contactos e como chegar: Necessário registo – https://clubedepadel.padelclick.com/customer/login

4. Quando não me quero preocupar com estacionamento: Rackets Pro EUL

O Estádio Universitário da Universidade de Lisboa é sinónimo de desporto de elevada tarimba. Ali se praticam inúmeras modalidades (essencialmente por equipas universitárias) a que sempre se juntam os ocasionais que adoram aproveitar a imensidão do espaço para algo tão simples como o running. Entrando por um dos portões secundários nas traseiras do complexo encontramos o Rackets Pro EUL. Ora quem joga padel nos dias de hoje tem trabalhos das nove às seis. E sabe que vai marcar padel pós-laboral e que, essa marcação, vai ser entre as sete e as oito. E que a essa hora, para além do trânsito em Lisboa, caótico, tem de guardar margem para arranjar um lugar para estacionar. E é aqui que eu passo a adorar este lugar. O pequeno, mas suficiente campo de terra batida que encontramos à entrada permite-nos eliminar essa preocupação que, como todos sabemos, é mel para quem não gosta de pagar por um tempo que não vai utilizar (sem falar dos olhares reprovadores de parceiros e opositores). Além do mais, o Rackets tem inúmeros campos, um bom bar com esplanada e muitos utilizadores de diferentes níveis competitivos que oferecem uma excelente experiência de utilização.

Condições (1h30): 7,5 € (outdoor) e 9 € (indoor)
Campos cobertos?: Sim
Website para horários, contactos e como chegar: http://racketspro.pt/index.php/cms/cms/view/320

5. Quando me apetece sair do centro: LX Indoor Padel

Camarate é sinónimo de aeroporto ou, se preferir, pelos maus motivos, de Sá-Carneiro. Tirando isso, é um local periférico, já pertencente ao concelho de Loures que, ainda assim, se caracteriza por ficar numa das saídas do Eixo Norte-Sul e, por isso, bastante acessível de carro. Camarate apetece não pelo sítio, não pela rapidez na chegada, não pelo preço, mas porque sair do centro, por vezes, é mesmo necessário. Construído num complexo espaçoso, foram criados balneários, um bar, uma loja e uma zona lounge bastante agradáveis onde, acima de tudo, se respira desporto. À volta, sentimos que as pessoas que ali se deslocam para a prática vieram, realmente, praticar. E, por isso, sentimos que viemos ao sítio certo. Fácil de chegar, fácil de abandonar, o LX Indoor Padel é a alternativa ideal para quem quer jogar padel mas está farto dos sítios do costume.

Condições (1h30): 7,5 €
Campos cobertos?: Sim
Website para horários, contactos e como chegar: http://lxindoorpadel.pt/index.php/clubs/site/222

 

Photo Credits: https://brussels-express.eu/wp-content/uploads/2017/08/padel-1.jpg

Sobre autor

João Eira

O meu gosto pelo que faço começou quando eu tinha oito anos e tive de representar um rapaz da Pré-História numa peça da escola sobre o Astérix – e eu passava a peça a bater com um machado de cartão numa pedra de esferovite. Hoje, aos 29 anos, o petit galouis não desapareceu, nem o meu gosto por xadrez, o meu amor por futebol, bem como todos os meus outros interesses da infância e juventude. Talvez por isso mesmo, ainda na Faculdade de Farmácia, tenha a desafio ido a uma entrevista que havia de mudar para sempre a vida daquele rapazinho com a cara pintada: numa agência de publicidade, que me apresentou um mundo onde eu poderia utilizar todas as minhas referências culturais - os meus filmes, os meus livros – e, realmente, produzir trabalho que fizesse a diferença na vida das pessoas. Hoje, sou há 5 anos copywriter. E isso faz-me muito feliz.

Your email address will not be published. Required fields are marked O teu endereço de email não vai ser publicado. Campos obrigatórios estão marcados.*