Esta aplicação portuguesa deixa-o escolher qual é o médico que vai lá a casa

Esta aplicação portuguesa deixa-o escolher qual é o médico que vai lá a casa

Artigo original por: NIT

A startup “My Nurse” foi selecionada para fazer parte de um programa de referência na área da saúde.

A MyNurse, uma plataforma de origem portuguesa, é a primeira aplicação em todo o mundo que põe as pessoas em contacto direto com os prestadores de serviços de saúde ao domicílio – em áreas como a fisioterapia, a enfermagem, cuidados paliativos e apoio à parentalidade. O melhor é que é gratuita e está disponível para os sistemas iOS e Android.

É simples: ao descarregar a aplicação, pode escolher um profissional dentro de uma rede de mais de 1300 cuidadores e, tendo em conta a localização geográfica, aquele que mais se adequa ao seu perfil e até às recomendações de outras pessoas.

A MyNurse já está a funcionar em Portugal e os benefícios são muitos – tanto para os utilizadores como para os profissionais de saúde. Para uns traz conforto e facilidade de acesso à saúde; para outros agiliza a gestão do tempo, já que é possível conciliar esta agenda com as restantes atividades.

Através desta plataforma, é possível uma maior personalização e escolha, um maior poder de controlo por parte do doente ou da família e uma grande simplicidade de acesso, uma vez que pode fazê-lo no seu computador, tablet ou smartphone. Até estão disponíveis serviços como sessões de fisioterapia ou até análises clínicas à distância de uma visita online.

Marta Veiga, co-fundadora da MyNurse, conta que a ideia para a aplicação apareceu depois de uma experiência pessoal: “A ideia que impulsionou a MyNurse surgiu, pela primeira vez, quando eu tive de contactar com a realidade do apoio domiciliário e percebi que, junto das tradicionais empresas que disponibilizam este serviço, não tinham possibilidade de escolher e selecionar quais os cuidadores que iriam à minha casa.”

Por isso, decidiu fazer alguma coisa para resolver o problema. “Senti que o processo era moroso e pouco cómodo, sendo que numa situação de fragilidade o cuidador não pode ser mais um obstáculo ou limite à qualidade de vida”, diz Marta Veiga. Resultado: criar uma aplicação, que foi estruturada em 2016 mas só este ano começou a funcionar ativamente.

Até agora, a MyNurse foi a única startup portuguesa selecionada para fazer parte de um programa de referência na área da saúde da aceleradora Xlerate Health, nos Estados Unidos.

Fonte Original

Sobre autor

Your email address will not be published. Required fields are marked O teu endereço de email não vai ser publicado. Campos obrigatórios estão marcados.*