Sociedade de Bankinter e Sonae Sierra investe 61 milhões no primeiro semestre como cotada

Artigo original por: Idealista

A Ores Real Estate Socimi, o veículo de investimento imobiliário criado pela Sonae Sierra e o banco espanhol Bankinter, está a ponto de cumprir meio ano de que está cotada no mercado alternativo da bolsa espanhola (MAB) e já fechou seis operações. Tendo arrancado sem um único ativo, a sociedade investiu já mais de 60 milhões de euros na compra de sete ativos, cumprindo 15% do objetivo até ao final de 2018 e tornando-se proprietária de uma superfície total de 32.353 metros quadrados (m2), repartidos por toda a Península Ibérica.

Todas as operações imobiliárias levadas a cabo pela Ores foram realizadas com base em fundos próprios (antes de ir para a bolsa captou 195 milhões de euros através de um aumento de capital). Já as próximas operações serão feitas através de financiamento bancário (até um endividamento máximo de 50%), tal como está contemplado no plano estratégico que prevê um investimento de 400 milhões de euros até finais de 2018, na compra de ativos imobiliários em Portugal e Espanha.

Assim é o portfólio da Ores montado em seis meses de vida

O último ativo a fazer parte da sua carteira é um supermercado de 2.200 m2 situados em Lisboa, que está a ser operado pelo Pingo Doce, da Jerónimo Martins, e que custou 5,9 milhões de euros.

Em Portugal, a sociedade também detém um espaço comercial de 5.000 m2 localizado em Braga, que foi adquirido por 5,7 milhões de euros e está ocupado pela marca Media Markt e um parque comercial em Portimão, Algarve, de quase 12.000 m2, que lhe custou 20 milhões de euros e tem nove inquilinos, entre os quais Worten, Burger King e Sportzone.

Os outros quatro imóveis que Ores comprou estão no norte de Espanha. Os primeiros que adquiriu foram os parques comerciais: Artea (Bilbau) e Galaria (Pamplona), pelos quais pagou 18,7 milhões de euros. Os dois somam uma superfície bruta arrendatável de 8.400 m2 e estão ocupados pela cadeia de produtos desportivos Forum Sport.

No norte de Espanha, Ores também possui um ativo em Oviedo, a capital asturiana. Em causa está um supermercado de 2.715 m2, no qual está Mercado e que custou 5,8 milhões de euros.

O último ativo que forma parte do portfólio da sociedade está em Sanlúcar de Barrameda (Cádiz). Trata-se de outro supermercado, ocupado neste caso pela acedeia Aldi, com uma superfície de 2.085 m2, pela qual pagou 4,75 milhões de euros.

Todas as operações imobiliárias levadas a cabo pela Ores foram realizadas com base em fundos próprios (antes de ir para a bolsa captou 195 milhões de euros através de um aumento de capital). Já as próximas operações serão feitas através de financiamento bancário (até um endividamento máximo de 50%), tal como está contemplado no plano estratégico que prevê um investimento de 400 milhões de euros até finais de 2018, na compra de ativos imobiliários em Portugal e Espanha.

Fonte Original

Sobre autor

Your email address will not be published. Required fields are marked O teu endereço de email não vai ser publicado. Campos obrigatórios estão marcados.*