Parque das Nações recebe novo investimento de 130 milhões

Parque das Nações recebe novo investimento de 130 milhões

0
Artigo original 24 Março 2018 por: ECO

Grupo Martinhal tem dois projetos de grande dimensão para o Parque das Nações. Já comprou os terrenos, num total de 13.000 metros quadrados, e vai investir. Quanto? Até 130 milhões de euros.

O grupo Martinhal, fundado por Chitra e Roman Stern, encontra-se a executar um conjunto de projetos no Parque das Nações, em Lisboa, com um investimento que totaliza os 130 milhões de euros. Segundo o Expresso (acesso pago), o grupo comprou dois terrenos contíguos com um total de 13.000 m2. Neles, vai desenvolver projetos distintos, mas que “vão ficar em harmonia”, refere o semanário.

Num dos terrenos será construído um edifício de 12 andares. E já há um inquilino na calha: a seguradora internacional Ageas, que para ali se deverá mudar quando a construção estiver concluída, em 2020. O outro terreno dará lugar ao empreendimento Martinhal Residences, com hotel e habitações de luxo, num total de 150 unidades de alojamento. O plano totaliza um investimento de 130 milhões de euros.

Ao jornal, Chitra Stern explicou esta fixação por esta zona mais moderna da capital portuguesa: “Gosto muito desta área. A localização é fantástica, tem grandes edifícios, é um bairro amigável. Permite andar a pé ou de bicicleta junto ao rio, e é também um hub do ponto de vista de transportes”, disse ao jornal.

O grupo Martinhal entrou em Portugal com um hotel na cidade de Sagres. Tem ainda o Martinhal Lisbon Chiado, com 37 apartamentos na baixa de Lisboa. Agora, o novo foco é o Parque das Nações, um ponto que está a levantar interesse a muitos investidores.

O grupo Marinhal é também conhecido em Portugal pela compra do antigo hotel Onyria, que funciona agora como hotel da Quinta da Marinha, em 2016, em Cascais. O banco Santander era o antigo proprietário daquele ativo.

Fonte original

Your email address will not be published. Required fields are marked *