Startup portuguesa Infraspeak recebeu investimento de 1,6 milhões de euros

Startup portuguesa Infraspeak recebeu investimento de 1,6 milhões de euros

Artigo original por 11 Novembro 2018: Jornal Economico

A Associação Portuguesa de Facility Management (APFM), especializada em gestão tecnológica dos locais e ambientes de trabalho, anunciou que a startup portuguesa Infraspeak recebeu recentemente um investimento no total de 1,6 milhões de euros.

Este investimento provem de vários fundadores de ‘unicórnios’ internacionais (startups avaliadas em mais de mil milhões de dólares), entre os quais: a Firstminute Capital, a polaca Innovation Nest, a brasileira Construtech Ventures, a norte-americana 500 Startups e a portuguesa Caixa Capital. A ronda de financiamento fechada este mês pela Infraspeak servirá para desenvolver as suas soluções digitais.

A Infraspeak foi fundada por Felipe Ávila da Costa e Luís Martins em abril de 2015, no Porto. A empresa, que começou na incubadora universitária UPTEC, desenvolve uma inovadora plataforma de gestão de operações técnicas e manutenção. O software utiliza tecnologias como NFC, APIs, Apps e sensores para tentar aumentar a eficiência das equipas e reduzir custos de operação.

“Estamos muito felizes por ver que a aposta em facility management é continua e que temos associados que trabalham todos os dias para oferecer diversos produtos e soluções inigualáveis, dando força e boa reputação ao nosso mercado”, afirmou Pedro Ló, presidente da APFM.

A associação explicou, em comunicado, que o “interesse do investimento é a contínua aposta no setor de facility management e a criação e melhoramento de produtos, soluções e plataformas que permitam facilitar operações levadas a cabo por gestores ou técnicos de empresas, com custos menores, um nível de stress inferior e uma maior eficiência”

Fonte Original

Your email address will not be published. Required fields are marked O teu endereço de email não vai ser publicado. Campos obrigatórios estão marcados.*